31 de maio de 2010

A Palavra de Deus na Vida - CNBB



Leituras Relacionadas ao dia 31/05/2010 - CNBB
Branco. Visitação de Nossa Senhora Festa

1ª Leitura - Sf 3,14-18
O rei de Israel, o Senhor, está no meio de ti.

Leitura da Profecia de Sofonias 3,14-18

14Canta de alegria, cidade de Sião;
rejubila, povo de Israel!
Alegra-te e exulta de todo o coração,
cidade de Jerusalém!
15O Senhor revogou a sentença contra ti,
afastou teus inimigos;
o rei de Israel é o Senhor, ele está no meio de ti,
nunca mais temerás o mal.
16Naquele dia, se dirá a Jerusalém:
"Não temas, Sião,
não te deixes levar pelo desânimo!
17O Senhor, teu Deus, está no meio de ti,
o valente guerreiro que te salva;
ele exultará de alegria por ti,
movido por amor;
exultará por ti, entre louvores,
18como nos dias de festa.
Afastarei de ti a desgraça,
para que nunca mais te cause humilhação".
Palavra do Senhor.


Salmo - Is 12,2-3.4bcd.5-6 (R.6b)
R. O Santo de Israel é grande entre vós.


2Eis o Deus, meu Salvador, eu confio e nada temo; +
o Senhor é minha força, meu louvor e salvação. *
3Com alegria bebereis do manancial da salvação.R.

4be direis naquele dia: "Dai louvores ao Senhor, +
4cinvocai seu santo nome, anunciai suas maravilhas, *
4dentre os povos proclamai que seu nome é o mais sublimeR.

5Louvai cantando ao nosso Deus, que fez prodígios e portentos, *
publicai em toda a terra suas grandes maravilhas!
6Exultai cantando alegres, habitantes de Sião, *
porque é grande em vosso meio o Deus Santo de Israel!"R.



Evangelho - Lc 1,39-56
Como posso merecer que a mãe do meu Senhor venha visitar-me?

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 1,39-56

39Naqueles dias, Maria partiu para a região montanhosa,
dirigindo-se, apressadamente, a uma cidade da Judéia.
40Entrou na casa de Zacarias e cumprimentou Isabel.
41Quando Isabel ouviu a saudação de Maria,
a criança pulou no seu ventre
e Isabel ficou cheia do Espírito Santo.
42Com um grande grito, exclamou:
"Bendita és tu entre as mulheres
e bendito é o fruto do teu ventre!"
43Como posso merecer
que a mãe do meu Senhor me venha visitar?
44Logo que a tua saudação chegou aos meus ouvidos,
a criança pulou de alegria no meu ventre.
45Bem-aventurada aquela que acreditou,
porque será cumprido, o que o Senhor lhe prometeu".
46Maria disse:
"A minha alma engrandece o Senhor,
47e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador,
48pois, ele viu a pequenez de sua serva,
eis que agora as gerações hão de chamar-me de bendita.
49O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!
50Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam.
51Demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos.
52Derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou.
53De bens saciou os famintos
despediu, sem nada, os ricos.
54Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,
55como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre".
56Maria ficou três meses com Isabel;
depois voltou para casa.
Palavra da Salvação.


1ª Leitura - Rm 12,9-16b
Socorrei os santos em suas necessidades,
persisti na prática da hospitalidade.

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos 12,9-16b

Irmãos:
9O amor seja sincero.
Detestai o mal, apegai-vos ao bem.
10Que o amor fraterno vos una uns aos outros com terna afeição,
prevenindo-vos com atenções recíprocas.
11Sede zelosos e diligentes, fervorosos de espírito,
servindo sempre ao Senhor,
12alegres por causa da esperança,
fortes nas tribulações, perseverantes na oração.
13Socorrei os santos em suas necessidades,
persisti na prática da hospitalidade.
14Abençoai os que vos perseguem,
abençoai e não amaldiçoeis.
15Alegrai-vos com os que se alegram,
chorai com os que choram.
16bMantende um bom entendimento uns com os outros;
não vos deixeis levar pelo gosto de grandeza,
mas acomodai-vos às coisas humildes.
Palavra do Senhor.


LEIA MAIS! CLICK AQUI!

30 de maio de 2010

A Palavra de Deus na Vida - CNBB






Leituras Relacionadas ao dia 30/05/2010 - CNBB
Branco. Solenidade da Santíssima Trindade Tempo Comum

1ª Leitura - Pr 8,22-31
Antes que a terra fosse feita a
Sabedoria já tinha sido concebida.
Leitura do Livro dos Provérbios 8,22-31
Assim fala a Sabedoria de Deus:
22O Senhor me possuiu como primícia de seus caminhos,
antes de suas obras mais antigas;
23desde a eternidade fui constituída,
desde o princípio,
antes das origens da terra.
24Fui gerada quando não existiam os abismos,
quando não havia os mananciais das águas,
25antes que fossem estabelecidas as montanhas,
antes das colinas fui gerada.
26Ele ainda não havia feito as terras e os campos,
nem os primeiros vestígios de terra do mundo.
27Quando preparava os céus,
ali estava eu,
quando traçava a abóbada sobre o abismo,
28quando firmava as nuvens lá no alto
e reprimia as fontes do abismo,
29quando fixava ao mar os seus limites
- de modo que as águas não ultrapassassem suas bordas -
e lançava os fundamentos da terra,
30eu estava ao seu lado como mestre-de-obras;
eu era seu encanto, dia após dia,
brincando, todo o tempo, em sua presença,
31brincando na superfície da terra,
e alegrando-me em estar com os filhos dos homens.
Palavra do Senhor.


Salmo - Sl 8,4-5.6-7.8-9 (R. 2a)
R. Ó Senhor nosso Deus, como é grande
vosso nome por todo o universo!

4Contemplando estes céus que plasmastes*
e formastes com dedos de artista;
vendo a lua e estrelas brilhantes,*
5perguntamos: "Senhor, que é o homem,
para dele assim vos lembrardes*
e o tratardes com tanto carinho?"R.

6Pouco abaixo de Deus o fizestes,*
coroando-o de glória e esplendor;
7vós lhe destes poder sobre tudo,*
vossas obras aos pés lhe pusestes.R.

8as ovelhas, os bois, os rebanhos,*
todo o gado e as feras da mata;
9passarinhos e peixes dos mares,*
todo ser que se move nas águas.R.



2ª Leitura - Rm 5,1-5
A Deus, por Cristo,
na caridade difundida pelo Espírito.
Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos 5,1-5
Irmãos:
1Justificados pela fé,
estamos em paz com Deus,
pela mediação do Senhor nosso, Jesus Cristo.
2Por ele tivemos acesso,
pela fé, a esta graça,
na qual estamos firmes e nos gloriamos,
na esperança da glória de Deus.
3E não só isso,
pois nos gloriamos também de nossas tribulações,
sabendo que a tribulação gera a constância,
4a constância leva a uma virtude provada,
a virtude provada desabrocha em esperança;
5e a esperança não decepciona,
porque o amor de Deus
foi derramado em nossos corações
pelo Espírito Santo que nos foi dado.
Palavra do Senhor.


Evangelho - Jo 16,12-15
Tudo o que o Pai possui é meu. O Espírito Santo
receberá do que é meu e vo-lo anunciará.
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 16,12-15
Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos:
12Tenho ainda muitas coisas a dizer-vos,
mas não sois capazes de as compreender agora.
13Quando, porém, vier o Espírito da Verdade,
ele vos conduzirá à plena verdade.
Pois ele não falará por si mesmo,
mas dirá tudo o que tiver ouvido;
e até as coisas futuras vos anunciará.
14Ele me glorificará,
porque receberá do que é meu
e vo-lo anunciará.
15Tudo o que o Pai possui é meu.
Por isso, disse que
o que ele receberá e vos anunciará, é meu.
Palavra da Salvação.


LEIA MAIS! CLICK AQUI!

28 de maio de 2010

A Palavra de Deus na Vida - CNBB




Leituras Relacionadas ao dia 28/05/2010 - CNBB
Verde. 6ª-feira da 8ª Semana Tempo Comum

1ª Leitura - 1Pd 4,7-13
Sede bons administradores da multiforme graça de Deus.
Leitura da Primeira Carta de São Pedro 4,7-13
Caríssimos:
7O fim de todas as coisas está próximo.
Vivei com inteligência e vigiai, dados à oração.
8Sobretudo, cultivai o amor mútuo, com todo o ardor,
porque o amor cobre uma multidão de pecados.
9Sede hospitaleiros uns com os outros, sem reclamações.
10Como bons administradores da multiforme graça de Deus,
cada um coloque à disposição dos outros o dom que recebeu.
11Se alguém tem o dom de falar,
proceda como com palavras de Deus.
Se alguém tem o dom do serviço,
exerça-o como capacidade proporcionada por Deus,
a fim de que, em todas as coisas,
Deus seja glorificado, em virtude de Jesus Cristo,
a quem pertencem a glória e o poder,
pelos séculos dos séculos. Amém.
12Caríssimos, não estranheis o fogo da provação
que alastra entre vós,
como se alguma coisa de estranho vos estivesse acontecendo.
13Alegrai-vos por participar dos sofrimentos de Cristo,
para que possais também exultar de alegria
na revelação da sua glória.
Palavra do Senhor.


Salmo - Sl 95 (96),10. 11-12. 13 (R. 13b)
R. O Senhor vem julgar nossa terra.

10Publicai entre as nações: "Reina o Senhor!" +
Ele firmou o universo inabalável, *
e os povos ele julga com justiça.R.

11O céu se rejubile e exulte a terra, *
aplauda o mar com o que vive em suas águas;
12os campos com seus frutos rejubilem *
e exultem as florestas e as matasR.

13na presença do Senhor, pois ele vem, *
porque vem para julgar a terra inteira.
Governará o mundo todo com justiça, *
e os povos julgará com lealdade.R.



Evangelho - Mc 11,11-26
Minha casa será chamada casa de oração
para todos os povos. Tende fé em Deus.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos 11,11-26
Tendo sido aclamado pela multidão,
11Jesus entrou, no Templo, em Jerusalém, e observou tudo.
Mas, como já era tarde, saiu para Betânia com os doze.
12No dia seguinte, quando saíam de Betânia, Jesus teve fome.
13De longe, ele viu uma figueira coberta de folhas
e foi até lá ver se encontrava algum fruto.
Quando chegou perto, encontrou somente folhas,
pois não era tempo de figos.
14Então Jesus disse à figueira:
"Que ninguém mais coma de teus frutos."
E os discípulos escutaram o que ele disse.
15Chegaram a Jerusalém.
Jesus entrou no Templo e começou a expulsar
os que vendiam e os que compravam no Templo.
Derrubou as mesas dos cambistas
e as cadeiras dos vendedores de pombas.
16Ele não deixava ninguém carregar nada através do Templo.
17E ensinava o povo, dizendo:
"Não está escrito: "Minha casa será chamada casa de oração
para todos os povos"?
No entanto, vós fizestes dela uma toca de ladrões."
18Os sumos sacerdotes e os mestres da Lei ouviram isso
e começaram a procurar uma maneira de o matar.
Mas tinham medo de Jesus,
porque a multidão estava maravilhada com o ensinamento dele.
19Ao entardecer, Jesus e os discípulos saíram da cidade.
20Na manhã seguinte, quando passavam,
Jesus e os discípulos viram
que a figueira tinha secado até a raiz.
21Pedro lembrou-se e disse a Jesus:
"Olha, Mestre: a figueira que amaldiçoaste secou."
22Jesus lhes disse: "Tende fé em Deus.
23Em verdade vos digo, se alguém disser a esta montanha:
"Levanta-te e atira-te no mar",
e não duvidar no seu coração,
mas acreditar que isso vai acontecer,
assim acontecerá.
24Por isso vos digo, tudo o que pedirdes na oração,
acreditai que já o recebestes, e assim será.
25Quando estiverdes rezando,
perdoai tudo o que tiverdes contra alguém,
para que vosso Pai que está nos céus
também perdoe os vossos pecados."
Palavra da Salvação.


Reflexão - Mc 11, 11-26
O Evangelho de hoje nos leva a questionar se a Igreja é para nós o local privilegiado para o encontro com Deus e o crescimento da fé ou é o local de práticas que têm por finalidade a nossa promoção pessoal, o lucro, a competição e a concorrência entre as pessoas, o desenvolvimento de sentimentos como ciúmes, rancor, raiva, ira, inveja, etc. A Igreja deve ser o local onde se cria comunhão entre nós e o próprio Deus e entre nós mesmos, como irmãos e irmãs. Tudo o que diverge disso não corresponde ao plano de Deus e faz com que a nossa presença na Igreja seja ocasião de pecado.


LEIA MAIS! CLICK AQUI!

27 de maio de 2010

A Palavra de Deus na Vida - CNBB



Leituras Relacionadas ao dia 27/05/2010 - CNBB
Verde. 5ª-feira da 8ª Semana Tempo Comum

1ª Leitura - 1Pd 2,2-5.9-12
Vós sois a raça escolhida, o sacerdócio do Reino,
a nação santa, o povo que ele conquistou
para proclamar as obras admiráveis daquele que vos chamou.
Leitura da Primeira Carta de São Pedro 2,2-5.9-12
Caríssimos:
2Como criancinhas recém-nascidas,
desejai o leite legítimo e puro,
que vos vai fazer crescer na salvação.
3Pois já provastes que o Senhor é bom.
4Aproximai-vos do Senhor,
pedra viva, rejeitada pelos homens,
mas escolhida e honrosa aos olhos de Deus.
5Do mesmo modo, também vós, como pedras vivas,
formai um edifício espiritual, um sacerdócio santo,
a fim de oferecerdes sacrifícios espirituais,
agradáveis a Deus, por Jesus Cristo.
9Mas vós sois a raça escolhida, o sacerdócio do Reino,
a nação santa, o povo que ele conquistou
para proclamar as obras admiráveis
daquele que vos chamou das trevas
para a sua luz maravilhosa.
10Vós sois aqueles que "antes não eram povo,
agora porém são povo de Deus;
os que não eram objeto de misericórdia,
agora porém alcançaram misericórdia."
11Amados, eu vos exorto
como a estrangeiros e migrantes:
afastai-vos das humanas paixões,
que fazem guerra contra vós mesmos.
12Tende bom procedimento no meio dos gentios.
Deste modo, mesmo caluniando-vos,
como se fôsseis malfeitores,
eles poderão observar a vossa boa atuação
e glorificar a Deus, no dia de sua visitação.
Palavra do Senhor.


Salmo - Sl 99,2. 3. 4. 5 (R. 2c)
R. Com canto apresentai-vos diante do Senhor!

2Aclamai o Senhor, ó terra inteira, +
servi ao Senhor com alegria, *
ide a ele cantando jubilosos!R.

3Sabei que o Senhor, só ele, é Deus, +
Ele mesmo nos fez, e somos seus, *
nós somos seu povo e seu rebanho.R.

4Entrai por suas portas dando graças, +
e em seus átrios com hinos de louvor; *
dai-lhe graças, seu nome bendizei!R.

5Sim, é bom o Senhor e nosso Deus, +
sua bondade perdura para sempre, *
seu amor é fiel eternamente!R.



Evangelho - Mc 10,46-52
Senhor, que eu veja!

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos 10,46-52

Naquele tempo:
46Jesus saiu de Jericó,
junto com seus discípulos e uma grande multidão.
O filho de Timeu, Bartimeu, cego e mendigo,
estava sentado à beira do caminho.
47Quando ouviu dizer que Jesus, o Nazareno,
estava passando, começou a gritar:
"Jesus, filho de Davi, tem piedade de mim!"
48Muitos o repreendiam para que se calasse.
Mas ele gritava mais ainda:
"Filho de Davi, tem piedade de mim!"
49Então Jesus parou e disse: "Chamai-o".
Eles o chamaram e disseram:
"Coragem, levanta-te, Jesus te chama!"
50O cego jogou o manto, deu um pulo e foi até Jesus.
51Então Jesus lhe perguntou:
"O que queres que eu te faça?"
O cego respondeu: "Mestre, que eu veja!"
52Jesus disse: "Vai, a tua fé te curou".
No mesmo instante, ele recuperou a vista
e seguia Jesus pelo caminho.
Palavra da Salvação.


Reflexão - Mc 10, 46-52
Existem muitas pessoas que passam por sérias dificuldades e sofrimentos, que resultam em exclusão social. O Evangelho de hoje nos mostra uma realidade muito triste: a maioria das pessoas que são excluídas da sociedade também são excluídas da Igreja e do próprio relacionamento com Deus. Vemos que os seguidores de Jesus, que deveriam contribuir com ele para que houvesse a inclusão de todos no Reino são os primeiros que excluem o cego Bartimeu, pois querem que ele se cale. O Evangelho de hoje exige de todos nós um sério exame de consciência sobre os nossos valores e sobre a forma como nós vemos a religião e o seguimento de Jesus para que, em nome dele, não excluamos ninguém. O Mestre chama, conduzamos até ele.


LEIA MAIS! CLICK AQUI!


26 de maio de 2010

OS SACERDOTES QUE ABUSARAM DE MIM

Segue a livre tradução de um texto bastante forte sobre as tremendas experiências que uma pessoa teve com alguns sacerdotes. Ouso dizer que esses formam parte da maioria. Cuidado com eles...

''Quando era muito criança, sem ter conciência, sem ter liberdade , sem poder defender-me, um deles me fez filho de Deus, herdeiro da Vida Eterna, Templo do Espirito Santo e membro da Igreja, nunca poderei perdoar-lhe por ter me feito tanto bem.
Outro insistiu em meus tenros anos em inculcar-me, violentando a minha vontade, o respeito pelo nome de Deus, a necessidade absoluta da oração diária, a obediência e a reverência aos meus pais, o amor pela minha pátria, e me ensinou a utopia de não mentir, não roubar, não falar mal dos outros, perdoar e todas essas coisas que nos fazem tão hipócritas e ridículos...
Outro apareceu mencionando que o Espirito Santo devia vir completar a obra começada no Batismo, que me fariam falta seus dons e seus frutos, que já era hora de que viesse em minha ajuda Aquele que me faria defender a Fé, como um soldado. Que ousadia falar em termos tão bélicos! Fez nessa epoca que eu cuidasse minha alma frente ao mundo, que fosse nobre, leal e honesto...
Outro abusou dando-me livros para ler, não lhe bastassem seus conselhos, que faziam colocar o olhar na eternidade e viver como estranho aqui na terra. Quem tirará agora da minha cabeça os quatro evangelhos? As glórias de Maria? A imitação de Cristo? As confissões? As moradas? Etc. Quem será capaz de curar-me de todos esses tesouros que me marcaram para sempre?
Outro abusou da minha ignorância ensinando-me coisas que não sabia. Outro não falava mas sua vida virtuosa me inclinava cada vez mais a imitá-lo. Houve alguns que se aproveitaram de mim em momentos inesperados e me corrigiram, me alentaram e até rezaram por mim.
Outros, quando eu já estava em um circulo do qual não podia sair, insistiram com minha natureza caída e me incitaram a receber Jesus Cristo em Corpo e Sangue, para resitir aos embates do inimigo, para fortalecer minha fraqueza e santificar-me cada dia mais. Embora para aquele que leia esta denuncia, pareça que isso já é demasiado e que não seja possível, digo-lhe que os abusos seguiram aumentando, e tudo passou a coisas maiores. Cada vez que conhecia um Sacerdote, se aproveitava de mim com renovados métodos, relíquias, santinhos, água benta,terços, bênção e orações de todo tipo, armavam um cerco com tremendos benefícios que chegaram ao limite do suportavél.
Quero deixar clara está injustiça cheia de perversidade, e que atendam a minha reclamação nesta denúncia, porque sei que alguns deles estarão esperando-me para seguir com esta iniquidade, sentado num confessionário ou ao lado de minha cama quando estiver moribundo, e , ainda que desapareça, seguirão com sufrágios pela minha alma e súplicas de misericórdia.
Quero que somem a minha voz todos aqueles que foram vítimas desses incidentes, e se sentiram ultrajados por estas pessoas, pois sei que a outros os uniram em matrimônio, a outros lhes descobriram a vocação, a outros até chegaram a ajudar-lhes materialmente ou guardaram com chave em seu coração, para sempre, segredos tremendos de suas misérias humanas.
Cuidemos seriamente para não termos trato com eles. Não demos a eles nossos dados. Não os olhemos nos olhos, não os consultemos absolutamente para nada. Não sigamos nenhum de seus passos, pois corremos o risco de um dia cair em suas armadilhas e salvar-nos eternamente."

Autor: Gustavo Caro.

25 de maio de 2010

A Palavra de Deus na Vida - CNBB




Leituras Relacionadas ao dia 25/05/2010 - CNBB
Verde. 3ª-feira da 8ª Semana Tempo Comum

1ª Leitura - 1Pd 1,10-16
Eles profetizaram a respeito da graça
que vos estava destinada. Por isso, sede sóbrios e tende perfeita esperança.
Leitura da Primeira Carta de São Pedro 1,10-16
Caríssimos:
10Esta salvação tem sido objeto
das investigações e meditações dos profetas.
Eles profetizaram a respeito da graça
que vos estava destinada.
11Procuraram saber a que época e a que circunstâncias
se referia o Espírito de Cristo, que estava neles,
ao anunciar com antecedência os sofrimentos de Cristo
e a glória conseqüente.
12Foi-lhes revelado que, não para si mesmos,
mas para vós, estavam ministrando estas coisas,
que agora são anunciadas a vós
por aqueles que vos pregam o evangelho
em virtude do Espírito Santo, enviado do céu;
revelações essas, que até os anjos desejam contemplar!
13Por isso, aprontai a vossa mente;
sede sóbrios e colocai toda a vossa esperança
na graça que vos será oferecida
na revelação de Jesus Cristo.
14Como filhos obedientes,
não modeleis a vossa vida
de acordo com as paixões de antigamente,
do tempo da vossa ignorância.
15Antes, como é santo aquele que vos chamou,
tornai-vos santos, também vós,
em todo o vosso proceder.
16Pois está na Escritura:
"Sede santos, porque eu sou santo".
Palavra do Senhor.


Salmo - Sl 97, 1. 2-3ab. 3c-4 (R. 2a)
R. O Senhor fez conhecer seu poder salvador,
perante as nações.

1Cantai ao Senhor Deus um canto novo,*
porque ele fez prodígios!
Sua mão e o seu braço forte e santo*
alcançaram-lhe a vitória.R.

2O Senhor fez conhecer a salvação,*
e às nações, sua justiça;
3arecordou o seu amor sempre fiel*
3bpela casa de Israel.R.

3cOs confins do universo contemplaram*
3da salvação do nosso Deus.
4Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira,*
alegrai-vos e exultai!R.



Evangelho - Mc 10,28-31
Receberá cem vezes mais agora, durante esta vida
com perseguições e, no mundo futuro, a vida eterna.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos 10,28-31
Naquele tempo:
28Começou Pedro a dizer a Jesus:
"Eis que nós deixamos tudo e te seguimos."
29Respondeu Jesus:
"Em verdade vos digo,
quem tiver deixado casa, irmãos, irmãs, mãe, pai, filhos,
campos, por causa de mim e do Evangelho,
30receberá cem vezes mais agora, durante esta vida
- casa, irmãos, irmãs, mães, filhos e campos,
com perseguições -
e, no mundo futuro, a vida eterna.
31Muitos que agora sóo os primeiros serão os últimos.
E muitos que agora são os últimos serão os primeiros."
Palavra da Salvação.


Reflexão - Mc 10, 28-31
Eu posso contribuir para a minha salvação na medida em que eu faço de Deus o centro da minha vida e a causa da minha felicidade, submetendo-me totalmente a ele. Se eu vivo apegado às coisas do mundo, eu vivo em função delas e coloco nelas a minha felicidade, fechando o meu coração à ação divina e a minha vida ao projeto do reino dos céus. Para conseguir o desapego das coisas do mundo, é necessário que a gente procure assumir uma nova hierarquia de valores que faz com que sejamos capazes de desprezar os bens materiais, mas rejeitar os valores do mundo significa sofrer perseguições nesta vida. É preciso renunciar aos valores do mundo para ter a vida em Cristo.


LEIA MAIS! CLICK AQUI!


24 de maio de 2010

A Palavra de Deus na Vida - CNBB




Leituras Relacionadas ao dia 24/05/2010 - CNBB
Verde. 2ª-feira da 8ª Semana Tempo Comum

2ª Leitura - 1Pd 1,3-9
Pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos,
ele nos fez nascer de novo para uma esperança viva.
Leitura da Primeira Carta de São Pedro 1,3-9
3Bendito seja Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo.
Em sua grande misericórdia,
pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos,
ele nos fez nascer de novo, para uma esperança viva,
4para uma herança incorruptível,
que não se mancha nem murcha,
e que é reservada para vós nos céus.
5Graças à fé, e pelo poder de Deus,
vós fostes guardados para a salvação
que deve manifestar-se nos últimos tempos.
6Isto é motivo de alegria para vós, embora seja
necessário que agora fiqueis por algum tempo aflitos,
por causa de várias provações.
7Deste modo, a vossa fé será provada como sendo
verdadeira - mais preciosa que o ouro perecível,
que é provado no fogo -
e alcançará louvor, honra e glória
no dia da manifestação de Jesus Cristo.
8Sem ter visto o Senhor, vós o amais.
Sem o ver ainda, nele acreditais.
Isso será para vós fonte de alegria indizível e
gloriosa,
9pois obtereis aquilo em que acreditais:
a vossa salvação.
Palavra do Senhor.


Salmo - Sl 110,1-2. 5-6. 9.10c (R. 5b)
R. O Senhor se lembra sempre da Aliança!

 

Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia


1Eu agradeço a Deus de todo o coração *
junto com todos os seus justos reunidos!
2Que grandiosas são as obras do Senhor, *
elas merecem todo o amor e admiração!R.

5Ele dá o alimento aos que o temem *
e jamais esquecerá sua Aliança.
6Ao seu povo manifesta seu poder, *
dando a ele a herança das nações.R.

9Enviou libertação para o seu povo, +
confirmou sua Aliança para sempre. *
Seu nome é santo e é digno de respeito.
10cPermaneça eternamente o seu louvor.R.



Evangelho - Mc 10,17-27
Vende tudo o que tens e segue-me!
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos 10,17-27
Naquele tempo:
17Quando Jesus saiu a caminhar, veio alguém correndo,
ajoelhou-se diante dele, e perguntou:
"Bom Mestre, que devo fazer para ganhar a vida eterna?"
18Jesus disse: "Por que me chamas de bom?"
Só Deus é bom, e mais ninguém.
19Tu conheces os mandamentos:
não matarás; não cometerás adultério; não roubarás;
não levantarás falso testemunho;
não prejudicarás ninguém;
honra teu pai e tua mãe!"
20Ele respondeu: "Mestre, tudo isso
tenho observado desde a minha juventude."
21Jesus olhou para ele com amor, e disse:
"Só uma coisa te falta:
vai, vende tudo o que tens e dá aos pobres,
e terás um tesouro no céu.
Depois vem e segue-me!"
22Mas quando ele ouviu isso, ficou abatido
e foi embora cheio de tristeza,
porque era muito rico.
23Jesus então olhou ao redor e disse aos discípulos:
"Como é difícil para os ricos entrar no Reino de Deus!"
24Os discípulos se admiravam com estas palavras,
mas ele disse de novo:
"Meus filhos, como é difícil entrar no Reino de Deus!
25É mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha
do que um rico entrar no Reino de Deus!"
26Eles ficaram muito espantados ao ouvirem isso,
e perguntavam uns aos outros:
"Então, quem pode ser salvo?"
27Jesus olhou para eles e disse:
"Para os homens isso é impossível, mas nóo para Deus.
Para Deus tudo é possível."
Palavra da Salvação.


Reflexão - Mc 10, 17-27

O evangelho de hoje nos apresenta, no caso do jovem rico, um grave erro que pode ocorrer na vida de todos nós no que diz respeito à questão da salvação e que se refere ao sujeito da salvação. Às vezes, a gente escuta que as pessoas devem esforçar-se para se salvarem e eu penso que eu devo conseguir me salvar. Ora, ninguém salva a si próprio. Eu não posso ser o meu salvador. Os discípulos perguntaram: "Quem então poderá salvar-se?" A resposta de Jesus é: "Para os homens isso é impossível, mas não para Deus. Para Deus, tudo é possível". Não podemos confiar a nossa salvação nem em nós mesmos, nem nos outros e nem nos bens materiais, pois nada ou ninguém, a não ser o próprio Deus, podem nos salvar.



LEIA MAIS! CLICK AQUI!

23 de maio de 2010

A Palavra de Deus na Vida - CNBB Pentecostes





Leituras Relacionadas ao dia 23/05/2010 - CNBB
Vermelho. Domingo de Pentecostes - Missa do Dia Páscoa

1ª Leitura - At 2,1-11
Todos ficaram cheios do Espírito
Santo e começaram a falar.
Leitura dos Atos dos Apóstolos 2,1-11
1Quando chegou o dia de Pentecostes,
os discípulos estavam todos reunidos no mesmo lugar.
2De repente, veio do céu um barulho
como se fosse uma forte ventania,
que encheu a casa onde eles se encontravam.
3Então apareceram línguas como de fogo
que se repartiram e pousaram sobre cada um deles.
4Todos ficaram cheios do Espírito Santo
e começaram a falar em outras línguas,
conforme o Espírito os inspirava.
5Moravam em Jerusalém judeus devotos,
de todas as nações do mundo.
6Quando ouviram o barulho,
juntou-se a multidão, e todos ficaram confusos,
pois cada um ouvia os discípulos
falar em sua própria língua.
7Cheios de espanto e de admiração, diziam:"Esses
homens que estão falando não são todos galileus?
8Como é que nós os escutamos na nossa própria língua?
9Nós que somos partos, medos e elamitas,
habitantes da Mesopotâmia, da Judéia e da Capadócia,
do Ponto e da Ásia,
10da Frígia e da Panfília,
do Egito e da parte da Líbia, próxima de Cirene,
também romanos que aqui residem;
11judeus e prosélitos, cretenses e árabes, todos nós
os escutamos anunciarem as maravilhas de Deus
na nossa própria língua!"
Palavra do Senhor


Salmo - Sl 103, 1ab.24ac.29bc-30 31.34 (R.30)

R. Enviai o vosso Espírito Senhor*
e da terra toda a face renovai.

Ou:R. Aleluia, Aleluia, Aleluia,

1aBendize, ó minha alma, ao Senhor!*
Ó meu Deus e meu Senhor, como sois grande!
24aQuão numerosas, ó Senhor, são vossas obras*
24cEncheu-se a terra com as vossas criaturas!R.

29bSe tirais o seu respiro, elas perecem*
29ce voltam para o pó de onde vieram.
30Enviais o vosso espírito e renascem*
e da terra toda a face renovais.R.

31Que a glória do Senhor perdure sempre,*
e alegre-se o Senhor em suas obras!
34Hoje seja-lhe agradável o meu canto,*
pois o Senhor é a minha grande alegria!R.



2ª Leitura - 1Cor 12,3b-7.12-13
Fomos batizados num único Espírito
para formarmos um único corpo.
Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios 12,3b-7.12-13
Irmãos:
3bNinguém pode dizer:
Jesus é o Senhor a não ser no Espírito Santo.
4Há diversidade de dons, mas um mesmo é o Espírito.
5Há diversidade de ministérios,
mas um mesmo é o Senhor.
6Há diferentes atividades, mas um mesmo Deus
que realiza todas as coisas em todos.
7A cada um é dada a manifestação do Espírito
em vista do bem comum.
12Como o corpo é um, embora tenha muitos membros,
e como todos os membros do corpo, embora sejam muitos,
formam um só corpo,
assim também acontece com Cristo.
13De fato, todos nós, judeus ou gregos, escravos ou
livres, fomos batizados num único Espírito,
para formarmos um único corpo,
e todos nós bebemos de um único Espírito.
Palavra do Senhor.


Evangelho - Jo 20,19-23
Assim como o Pai me enviou também eu
vos envio: Recebei o Espírito Santo!
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 20,19-23
19Ao anoitecer daquele dia, o primeiro da semana,
estando fechadas, por medo dos judeus,
as portas do lugar onde os discípulos se encontravam,
Jesus entrou e pondo-se no meio deles,
disse: "A paz esteja convosco".
20Depois destas palavras, mostrou-lhes as mãos e o lado.
Então os discípulos se alegraram por verem o Senhor.
21Novamente, Jesus disse: "A paz esteja convosco.
Como o Pai me enviou, também eu vos envio".
22E depois de ter dito isto,
soprou sobre eles e disse: "Recebei o Espírito Santo.
23A quem perdoardes os pecados,
eles lhes serão perdoados; a quem os não perdoardes,
eles lhes serão retidos".
Palavra da Salvação.


2ª Leitura - Rm 8,8-17
Todos aqueles que se deixam conduzir pelo Espírito de Deus, são filhos de Deus.
Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos 8,8-17

Irmãos:
8Os que vivem segundo a carne não podem agradar a Deus.
9Vós não viveis segundo a carne,
mas segundo o Espírito,
se realmente o Espírito de Deus mora em vós.
Se alguém não tem o Espírito de Cristo,
não pertence a Cristo.
10Se, porém, Cristo está em vós,
embora vosso corpo esteja ferido de morte
por causa do pecado,
vosso espírito está cheio de vida, graças à justiça.
11E, se o Espírito daquele
que ressuscitou Jesus dentre os mortos mora em vós,
então aquele que ressuscitou Jesus Cristo dentre os
mortos vivificará também vossos corpos mortais
por meio do seu Espírito que mora em vós.
12Portanto, irmãos, temos uma dívida,
mas não para com a carne,
para vivermos segundo a carne.

13Pois, se viverdes segundo a carne, morrereis,
mas se, pelo espírito, matardes o procedimento carnal,
então vivereis.


14Todos aqueles que se deixam conduzir
pelo Espírito de Deus
são filhos de Deus.

15De fato, vós não recebestes um espírito de escravos,
para recairdes no medo,
mas recebestes um espírito de filhos adotivos,
no qual todos nós clamamos:
Abá - ó Pai!
16O próprio Espírito se une ao nosso espírito
para nos atestar que somos filhos de Deus.

17E, se somos filhos, somos também herdeiros,
herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo;
se realmente sofremos com ele,
é para sermos também glorificados com ele.

Palavra do Senhor.



Evangelho - Jo 14,15-16.23b-26
O Espírito Santos vos ensinará todas as coisas
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 14,15-16.23b-26

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos:
15Se me amais, guardareis os meus mandamentos,
16e eu rogarei ao Pai, e ele vos dará um outro Defensor,
para que permaneça sempre convosco.
23bSe alguém me ama, guardará a minha palavra,
e o meu Pai o amará,
e nós viremos e faremos nele a nossa morada.

24Quem não me ama,
não guarda a minha palavra.
E a palavra que escutais não é minha,
mas do Pai que me enviou.
25Isso é o que vos disse enquanto estava convosco,
26mas o Defensor, o Espírito Santo,

que o Pai enviará em meu nome, ele vos ensinará tudo
e vos recordará tudo o que eu vos tenho dito".
Palavra da Salvação.



LEIA MAIS! CLICK AQUI!

22 de maio de 2010

A Palavra de Deus na Vida - CNBB




Leituras Relacionadas ao dia 22/05/2010 - CNBB
Branco. Sábado da 7ª Semana da Páscoa

1ª Leitura - At 28,16-20.30-31
Paulo ficou em Roma pregando o Reino de Deus.
Leitura dos Atos dos Apóstolos 28,16-20.30-31
16Quando entramos em Roma,
Paulo recebeu permissão para morar em casa particular,
com um soldado que o vigiava.
17Três dias depois,
Paulo convocou os líderes dos judeus.
Quando estavam reunidos, falou-lhes:
"Irmãos, eu não fiz nada contra o nosso povo,
nem contra as tradições de nossos antepassados.
No entanto, vim de Jerusalém como prisioneiro
e, assim, fui entregue às mãos dos romanos.
18Interrogado por eles no tribunal
e não havendo nada em mim que merecesse a morte,
eles queriam me soltar.
19Mas os judeus se opuseram
e eu fui obrigado a apelar para César,
sem nenhuma intenção de acusar minha nação.
20É, por isso, que eu pedi para ver-vos e falar-vos,
pois estou carregando estas algemas
exatamente por causa da esperança de Israel."
30Paulo morou dois anos numa casa alugada.
Ele recebia todos os que o procuravam,
31pregando o Reino de Deus.
Com toda a coragem e sem obstáculos,
ele ensinava as coisas
que se referiam ao Senhor Jesus Cristo.
Palavra do Senhor.


Salmo - Sl 10, 4. 5.7 (R. Cf. 7b)
R. Ó Senhor, quem tem reto coração
há de ver a vossa face.

 

Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia


4Deus está no templo santo, *
e no céu tem o seu trono;
volta os olhos para o mundo, *
seu olhar penetra os homens.R.

5Examina o justo e o ímpio, *
e detesta o que ama o mal.
7Porque justo é nosso Deus, o Senhor ama a justiça.*
Quem tem reto coração há de ver a sua face.R.



Evangelho - Jo 21,20-25
Este é o discípulo que dá testemunho dessas coisas
e sabemos que o seu testemunho é verdadeiro.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São João 21,20-25
Naquele tempo:
20Pedro virou-se
e viu atrás de si aquele outro discípulo
que Jesus amava,
o mesmo que se reclinara
sobre o peito de Jesus durante a ceia
e lhe perguntara: "Senhor, quem é que te vai entregar?"
21Quando Pedro viu aquele discípulo,
perguntou a Jesus: "Senhor, o que vai ser deste?"
22Jesus respondeu:
"Se eu quero que ele permaneça até que eu venha,
o que te importa isso?
Tu, segue-me!"
23Então, correu entre os discípulos a notícia
de que aquele discípulo não morreria.
Jesus não disse que ele não morreria, mas apenas:
"Se eu quero que ele permaneça até que eu venha,
que te importa?"
24Este é o discípulo que dá testemunho dessas coisas
e que as escreveu;
e sabemos que o seu testemunho é verdadeiro.
25Jesus fez ainda muitas outras coisas,
mas, se fossem escritas todas,
penso que não caberiam no mundo
os livros que deveriam ser escritos.
Palavra da Salvação.


Reflexão - Jo 21, 20-25
O testemunho dos discípulos de Jesus é sempre verdadeiro, uma vez que, assistidos pelo Espírito Santo, que nos revela a plenitude da verdade, realizam a sua missão. E esse testemunho deve ser de tal modo que convença todas as pessoas a respeito de Jesus, caminho, verdade e vida, e as leve a dar a ele uma resposta positiva de adesão ao seu projeto de amor para se tornarem, conosco, verdadeiras testemunhas dele e operários do seu projeto. Assim, cada vez mais o Reino cresce no meio de nós, o mundo é transformado de acordo com os valores pregados por Jesus, e as obras dele continuam acontecendo.


LEIA MAIS! CLICK AQUI!

21 de maio de 2010

A Palavra de Deus na Vida - CNBB






Leituras Relacionadas ao dia 21/05/2010 - CNBB
Branco. 6ª-feira da 7ª Semana da Páscoa

1ª Leitura - At 25,13b-21
Jesus que já morreu, mas que Paulo afirma estar vivo.
Leitura dos Atos dos Apóstolos 25,13b-21
Naqueles dias:
13bO rei Agripa e Berenice chegaram a Cesaréia
e foram cumprimentar Festo.
14Como ficassem alguns dias aí,
Festo expôs ao rei o caso de Paulo, dizendo:
"Está aqui um homem
que Félix deixou como prisioneiro.
15Quando eu estive em Jerusalém,
os sumos sacerdotes e os anciãos dos judeus
apresentaram acusações contra ele
e pediram-me que o condenasse.
16Mas eu lhes respondi
que os romanos não costumam entregar um homem
antes que o acusado
tenha sido confrontado com os acusadores
e possa defender-se da acusação.
17Eles vieram para cá
e, no dia seguinte, sem demora,
sentei-me no tribunal e mandei trazer o homem.
18Seus acusadores compareceram diante dele,
mas não trouxeram nenhuma acusação de crimes
de que eu pudesse suspeitar.
19Tinham somente certas questões
sobre a sua própria religião
e a respeito de um certo Jesus que já morreu,
mas que Paulo afirma estar vivo.
20Eu não sabia o que fazer para averigüar o assunto.
Perguntei então a Paulo
se ele preferia ir a Jerusalém, para ser julgado lá.
21Mas Paulo fez uma apelação
para que a sua causa fosse reservada
ao juízo do Augusto Imperador.
Então ordenei que ficasse preso
até que eu pudesse enviá-lo a César."
Palavra do Senhor.


Salmo - Sl 102, 1-2. 11-12. 19-20ab (R. 19a)
R. O Senhor pôs o seu trono lá nos céus.

 

Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia.


1Bendize, ó minha alma, ao Senhor,*
e todo o meu ser, seu santo nome!
2Bendize, ó minha alma, ao Senhor,*
não te esqueças de nenhum de seus favores!R.

11Quanto os céus por sobre a terra se elevam,*
tanto é grande o seu amor aos que o temem;
12quanto dista o nascente do poente,*
tanto afasta para longe nossos crimes.R.

19O Senhor pôs o seu trono lá nos céus,*
e abrange o mundo inteiro seu reinado.
20Bendizei ao Senhor Deus, seus anjos todos,*
valorosos que cumpris as suas ordens.R.



Evangelho - Jo 21,15-19
Apascenta os meus cordeiros.
Apascenta as minhas ovelhas.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São João 21,15-19
Jesus manifestou-se aos seus discípulos e,
15depois de comerem, perguntou a Simão Pedro:
"Simão, filho de João,
tu me amas mais do que estes?"
Pedro respondeu:
"Sim, Senhor, tu sabes que eu te amo".
Jesus disse: "Apascenta os meus cordeiros".
16E disse de novo a Pedro:
"Simão, filho de João, tu me amas?"
Pedro disse: "Sim, Senhor, tu sabes que eu te amo".
Jesus disse-lhe: "Apascenta as minhas ovelhas".
17Pela terceira vez, perguntou a Pedro:
"Simão, filho de João, tu me amas?"
Pedro ficou triste,
porque Jesus perguntou três vezes se ele o amava.
Respondeu: "Senhor, tu sabes tudo;
tu sabes que eu te amo".
Jesus disse-lhe: "Apascenta as minhas ovelhas.
18Em verdade, em verdade te digo:
quando eras jovem,
tu te cingias e ias para onde querias.
Quando fores velho,
estenderás as mãos e outro te cingirá
e te levará para onde não queres ir."
19Jesus disse isso,
significando com que morte Pedro iria glorificar a Deus.
E acrescentou : "Segue-me".
Palavra da Salvação.


Reflexão - Jo 21, 15-19
O amor a Jesus é a condição fundamental para que possamos participar da missão evangelizadora da Igreja. Qualquer outra motivação é insuficiente para tal e está fadada ao fracasso. Não é a toa que Jesus pergunta três vezes a Pedro se ele o ama. Isso quer dizer que todos os que querem de fato participar da missão evangelizadora da Igreja devem se questionar constantemente sobre o seu amor a Jesus, renovar este amor a cada dia e buscar formas de aprofundar ainda mais este amor, principalmente através da participação na Eucaristia, leitura e meditação da Palavra, cultivo da vida interior e vivência cada vez maior do amor para com os pobres e necessitados.


LEIA MAIS! CLICK AQUI!

20 de maio de 2010

A Palavra de Deus na Vida - CNBB




Leituras Relacionadas ao dia 20/05/2010 - CNBB
Branco. 5ª-feira da 7ª Semana da Páscoa

1ª Leitura - At 22,30; 23,6-11
É preciso que tu sejas também minha testemunha em Roma.
Leitura dos Atos dos Apóstolos 22,30; 23,6-11
Naqueles dias:
30Querendo saber com certeza
por que Paulo estava sendo acusado pelos judeus,
o tribuno soltou-o
e mandou reunir os chefes dos sacerdotes
e todo o conselho dos anciãos.
Depois fez trazer Paulo e colocou-o diante deles.
23,6Sabendo que uma parte dos presentes eram saduceus
e a outra parte eram fariseus,
Paulo exclamou no conselho dos anciãos:
"Irmãos, eu sou fariseu e filho de fariseus.
Estou sendo julgado
por causa da nossa esperança na ressurreição dos mortos."
7Apenas falou isso,
armou-se um conflito entre fariseus e saduceus
e a assembléia se dividiu.
8Com efeito, os saduceus dizem que não há ressurreição,
nem anjo, nem espírito,
enquanto os fariseus sustentam uma coisa e outra.
9Houve, então, uma enorme gritaria.
Alguns doutores da Lei, do partido dos fariseus,
levantaram-se e começaram a protestar, dizendo:
"Não encontramos nenhum mal neste homem.
E se um espírito ou anjo tivesse falado com ele?"
10E o conflito crescia cada vez mais.
Receando que Paulo fosse despedaçado por eles,
o comandante ordenou que os soldados descessem
e o tirassem do meio deles,
levando-o de novo para o quartel.
11Na noite seguinte,
o Senhor aproximou-se de Paulo e lhe disse:
"Tem confiança.
Assim como tu deste testemunho de mim em Jerusalém,
é preciso que tu sejas também minha testemunha em Roma."
Palavra do Senhor.


Salmo - Sl 15, 1-2a.5. 7-8. 9-10. 11 (R.1)
R. Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio!

Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia

1Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio!*
2aDigo ao Senhor: "Somente vós sois meu Senhor.
5Ó Senhor, sois minha herança e minha taça,*
meu destino está seguro em vossas mãos!R.

7Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,*
e até de noite me adverte o coração.
8Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,*
pois se o tenho a meu lado não vacilo.R.

9Eis por que meu coração está em festa,
minha alma rejubila de alegria,*
e até meu corpo no repouso está tranqüilo;
10pois não haveis de me deixar entregue à morte,*
nem vosso amigo conhecer a corrupção. R.

11Vós me ensinais vosso caminho para a vida;
junto a vós, felicidade sem limites,*
delícia eterna e alegria ao vosso lado!R.



Evangelho - Jo 17,20-26
Para que eles cheguem à unidade perfeita.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 17,20-26

Naquele tempo, Jesus levantou os olhos ao céu e disse:
Pai Santo,
20eu não te rogo somente por eles,
mas também por aqueles
que vão crer em mim pela sua palavra,
21para que todos sejam um
como tu, Pai, estás em mim e eu em ti,
e para que eles estejam em nós,
a fim de que o mundo creia que tu me enviaste.
22Eu dei-lhes glória que tu me deste,
para que eles sejam um, como nós somos um:
23eu neles e tu em mim,
para que assim eles cheguem à unidade perfeita
e o mundo reconheça que tu me enviaste
e os amaste, como me amaste a mim.
24Pai, aqueles que me deste,
quero que estejam comigo onde eu estiver,
para que eles contemplem a minha glória,
glória que tu me deste
porque me amaste antes da fundação do universo.
25Pai justo, o mundo não te conheceu,
mas eu te conheci,
e estes também conheceram que tu me enviaste.
26Eu lhes fiz conhecer o teu nome,
e o tornarei conhecido ainda mais,
para que o amor com que me amaste esteja neles,
e eu mesmo esteja neles".
Palavra da Salvação.


Reflexão - Jo 17, 20-26
Jesus nos pede para viver a unidade de tal modo que possamos testemunhar a unidade da Trindade. Esta vivência da unidade não significa uma uniformidade, mas que todos vivamos de acordo com as nossas condições e de diferentes formas os mesmos valores. Assim, encontramos na Igreja diferentes formas de espiritualidade e de ação evangelizadora totalmente diferentes entre si, mas essas diferenças não ferem a unidade dos cristãos porque são formas diferentes e não essências, são formas diferentes de viver a mesma fé e participar no mesmo projeto anunciado por Jesus.


LEIA MAIS EM NOSSA PÁGINA! CLICK AQUI!


Seguidores

Google+ Followers

Viva Nossa Senhora!

Wikipedia

Resultados da pesquisa

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Follow by Email