6 de março de 2014

Irmãos,

Nós somos jardins guardamos em Deus, regados pelo seu amor e escolhidos entre milhões para sermos únicos aos olhos do pai misericordioso.

Enquanto vivemos a quaresma, tempo de retiro e conversão, devemos nos manter erguidos pelos três pilares apresentados por Deus através de sua santa Igreja: oração, jejum e caridade. Foi assim que Cristo venceu o deserto e todas as suas tentações, e com sua vitória sobre o pecado nos fez livres e capazes de vencer todo o mal oferecido por este mundo de morte.

Deus sabe que na maioria das vezes não conseguimos ser aquilo que ele quer, mas sendo um Pai cheio de misericórdia nos chama a trilhar outro caminho, mudar de vida, nos chama à santidade e ao serviço.

Neste ano a Igreja nos convida a sermos verdadeiramente livres em Cristo, e assim permanecer. Quebrar as correntes da escravidão e abrir as cadeias com as quais o mundo nos aprisiona na fome, no vício, na solidão e na escuridão de uma vida sem amor e paz.

São tantos os que choram todos os dias em busca de paz. Muitas vezes não vemos as suas lágrimas, choram através de pedidos de misericórdia que ecoam em suas palavras duras e ressentidas, pois já não sabem mais viver, se não para si mesmos.

Assim como num jardim a vida brota livre, refrescada por gotículas de água fria, devemos também nós sermos livres em Deus através do seu Espírito Santo. E a exemplo de Maria Santíssima, que sendo livre optou por ser escrava da vontade Deus, desejemos ser livres para alcançar as virtudes que necessitamos para viver uma santa quaresma.

O céu nos espera, e com o coração cheio de pressa para nos salvar o Pai deseja nos santificar, para sermos dignos da ressurreição de Cristo.

Uma santa e feliz quaresma para todos nós.


Seguidores

Google+ Followers

Viva Nossa Senhora!

Wikipedia

Resultados da pesquisa

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Follow by Email