ZENIT - O mundo visto de Roma

Fides News Português

Gaudiumpress Feed

19 de junho de 2013

Santa Juliana Falconieri



Na verdade, ó Pai,

Deus eterno e todopoderoso,

é nosso dever darvos graças,

é nossa salvação darvos glória

em todo tempo e lugar,

por Jesus Cristo, Senhor nosso.



Por vosso providencial desígnio,

quisestes que Santa Juliana

se unisse aos primeiros Servos de Santa Maria

pelos vínculos da caridade e pela comunhão de ideais,

procurando só a vós e glorificandovos por sua santidade.



Iluminada pelo Espírito Santo,

ela escolheu a Virgem gloriosa como sua Senhora,

para viver mais intensamente

sua consagração a Cristo, seu Esposo.

Humilde e penitente, pobre e obediente,

esquecida de si mesma e ardendo de amor ao próximo,

atraiu para seu convívio outras piedosas mulheres,



das quais é considerada guia e mestra.