ZENIT - O mundo visto de Roma

Fides News Português

Gaudiumpress Feed

17 de janeiro de 2010

Veneramos Maria...



Amanhece e ouço sinos badalando
convidando-me para a missa assistir,
pego o terço e pelas ruas vou rezando,
esse chamado não posso resistir.

Vejo no templo os olhos meigos de Maria,
a Virgem Santa que ilumina todo altar,
sinto na alma toda paz que Ela irradia,
emocionado me da vontade de chorar.

Amo-te tanto doce Virgem Imaculada,
que em Tuas mãos entreguei o meu destino,
Tu és a luz que ilumina minha estrada,
a companheira que não me deixa no caminho.

De joelhos te louvo e agradeço,
toda alegria que encontro ao meu redor,
por me concederes muito mais do que mereço,
porque acima do Teu, não existe amor maior.

A liturgia vai passando e vou seguindo,
implorando-te por um mundo de paz e luz,
porque Teu azul resplandece do infinito,
e Tu és mãe do sublime mestre Jesus,.

Ò Virgem Santa eu Te agradeço minha família,
pelos amigos perto de mim ou tão distantes,
que revigoram minh'alma com carinho e energia,
oriente-me para que jamais os desaponte.

Virgem Maria faça de mim mensageiro da esperança,
que a tristeza não habite em mais ninguém,
perto de Ti sinto-me novamente uma criança,
beijo os Teus pés implorando-te... Amém !.



Nós veneramos Maria por que ela reconheceu a grandeza do Senhor e se fez serva, ela não quer tomar o lugar de Deus, ela apenas aponta para Jesus. Maria não quer que nós, seus filhos, olhemos para ela e vejamos só ela, mas ela quer que olhando para ela nós enxerguemos Jesus. É importante nos equilibrarmos em nossa devoção. É importante que caminhemos com Maria e saibamos olhar para Jesus.