ZENIT - O mundo visto de Roma

Fides News Português

Gaudiumpress Feed

25 de fevereiro de 2009

A PAZ É FRUTO DA JUSTIÇA


Com esse lema, a CNBB motiva a Campanha da Fraternidade 2009, que tem como tema: "Fraternidade e segurança pública". Não há necessidade de justificar essa opção, porque a violência domina o Brasil, tanto nas capitais como no interior, e cresce assustadoramente, resistindo a medidas já tomadas para o seu combate.


O poder constituído apresenta projetos, da cabeça do povo saem sugestões, mas a sociedade brasileira ainda está muito distante de uma solução que resgate a tranquilidade do povo e conduza os brasileiros para uma cultura de paz.


A proposta da CF/2009 proclama, por meio de seu lema, que a violência é consequência da injustiça nas suas várias manifestações, também no que toca à igualdade.


Infelizmente vivemos numa realidade profundamente injusta e desigual. A diferença entre o salário mínimo e os salários máximos vai muito além do admissível, permitindo que poucos tenham muito e muitos possuam pouco ou menos nada.


Esse cenário social gera revolta manifestada nas formas mais brutais de agressividade. O combate à violência passa obrigatoriamente pela prática da justiça.


Há mais de meio século, quando as pessoas não viviam tão inseguras e temerosas como hoje, o papa Pio XII já anunciava que a paz é fruto da justiça. E agora, na primeira década do novo século, os bispos do Brasil compreendem que a luta pela paz só será vitoriosa quando o povo e os governantes, os privilegiados e os excluídos fraternalmente se unirem para estabelecer a justiça como primeira pedra de nova sociedade.


"Preocupemo-nos, como construtores da paz, que a vida social em convivência harmônica e pacífica está se deteriorando gravemente em nosso país pelo crescimento da violência, que banaliza a vida, manifestada em roubos, assaltos, sequestros e assassinatos..." (Doc. da CNBB 87, n° 35)



D. Geraldo Majella - Cardeal Arcebispo de Salvador