ZENIT - O mundo visto de Roma

Fides News Português

Gaudiumpress Feed

25 de fevereiro de 2008

VIA SACRA

1ª Estação

Jesus é condenado à morte

Jesus não é aceito pelas pessoas do seu tempo. Suas idéias não satisfazem aos interesses de muitos, pois ele está do aldo dos pobres, dos injustos, dos marginalizados, dos pecadores.

Por isso, os poderosos do seu tempo decidem que ele não pode continuar no meio do povo, pregando suas idéias, e resolvem matá-lo.

Canto:

A morrer crucificado,
Teu Jesus é condenado,
Por teus crimes, pecador. (bis)

Pela Virgem dolorosa,
Vossa Mãe tão piedosa,
Perdoai-me, meu Jesus. (bis)


2ª Estação

Jesus carrega a cruz

A caminhada de Jesus começa. Com a cruz às costas, ele se dirige para o Calvário.

A morte é a amarga realidade que se impõe, não lhe resta alternativas.

Canto:

Com a cruz é carregado
Vai sofrendo resignado.
Vai morrer por teu amor. (bis)

Pela Virgem dolorosa,
Vossa Mãe tão piedosa,
Perdoai-me, meu Jesus. (bis)


3ª Estação

Jesus cai pela primeira vez

A noite foi longa, marcada pelo sofrimento. Foram acusações, bofetadas, cusparadas, humilhações, flagelação, fome, sede, abandono...

A fraqueza se impõe, a queda é inevitável.

Canto:

Sob o peso desmedido,
Cai Jesus desfalecido,
Pela tua salvação. (bis)

Pela Virgem dolorosa,
Vossa Mãe tão piedosa,
Perdoai-me, meu Jesus. (bis)

Pai-nosso, Ave-Maria e Glória.


4ª Estação

Jesus se encontra com sua Mãe

A Mãe vai ao encontro do Filho para lhe dar a única coisa que pode: muito amor.

Ela vê seu sofrimento, e não pode fazer mais nada por Ele.

Canto:

Vê a dor da Mãe amada,
Que se encontra desolada,
Com seu Filho em aflição. (bis)

Pela Virgem dolorosa,
Vossa Mãe tão piedosa,
Perdoai-me, meu Jesus. (bis)

Pai-nosso, Ave-maria e Glória


5ª Estação

Simão Cireneu ajuda Jesus a carregar a cruz

Enfim um auxílio chegou. Agora vai ser possível chegar até o Calvário, pois Jesus não mais carrega sozinho sua cruz.

A solidão na caminhada é uma das maiores dificuldades para que se possa chegar até o fim.

Canto:

No caminho do Calvário,
Um auxílio necessário,
Não lhe nega Cireneu. (bis)

Pela Virgem dolorosa,
Vossa Mãe tão piedosa,
Perdoai-me, meu Jesus. (bis)

Pai-nosso, Ave-Maria e Glória


6ª Estação

Verônica enxuga o rosto de Jesus

Alguém vem ao encontro de Jesus para um gesto de solidariedade.

Nós precisamos ir ao encontro das pessoas para manifestar também nossa solidariedade para com elas.

Canto:

Eis o rosto ensanguentado,
Por Verônica enxugado,
Que no pano apareceu. (bis)

Pela Virgem dolorosa,
Vossa Mãe tão piedosa,
Perdoai-me, meu Jesus. (bis)

Pai-nosso, Ave-Maria e Glória


7ª Estação

Jesus cai pela segunda vez

A caminhada é longa e difícil. Por isso, as quedas se repetem.

Enquanto as dificuldades aumentam, as forças diminuem.

Canto:

Novamente desmaiado,
Sob a cruz que vai levando,
Cai por terra o Salvador. (bis)

Pela Virgem dolorosa,
Vossa Mãe tão piedosa,
Perdoai-me, meu Jesus. (bis)

Pai-nosso, Ave-Maria e Glória


8ª Estação

Jesus consola as mulheres de Jerusalém

As mulheres vão ao encontro de Jesus para chorar, porque ele vai morrer.

A sociedade providencia tudo o que é necessário, para que as coisas aconteçam como devem ser.

Canto:

das mulhres que choravam,
Que fiéis O acompanhavam,
É Jesus consolador. (bis)

Pela Virgem dolorosa,
Vossa Mãe tão piedosa,
Perdoai-me, meu Jesus. (bis)

Pai-nosso, Ave-Maria e Glória


9ª Estação

Jesus cai pela terceira vez

A caminhada está no fim, não dá mais para suportar nova queda, a última, antes do Calvário.

É a última queda, a queda que precede o fim.

Canto:

Cai exausto o bom Senhor,
Esmagado pela dor,
Dos pecados e da cruz. (bis)

Pela Virgem dolorosa,
Vossa Mãe tão piedosa,
Perdoai-me, meu Jesus. (bis)

Pai-nosso, Ave-Maria e Glória


10ª Estação

Jesus é despido de suas vestes

Tiram tudo o que restava a Jesus, inclusive a túnica que foi tecida por sua Mãe. Não lhe resta mais nada.

Até sua dignidade é violentamente ferida naquele momento.

Canto:

Já do algoz as mãos agrestes,
As sangrentas pobres vestes,
Vão tirar do bom Senhor. (bis)

Pela Virgem dolorosa,
Vossa Mãe tão piedosa,
Perdoai-me, meu Jesus. (bis)

Pai-nosso, Ave-Maria e Glória


11ª Estação

Jesus é pregado na cruz

Transpassaram suas mãos e seus pés, e ele foi elevado entre o céu e a terra.

Para atrair todos a si e lhes conceder a salvação.

Canto:

Sois por mim na cruz pregado,
Insultado, blasfemado,
Com cegueira e com furor. (bis)

Pela Virgem dolorosa,
Vossa Mãe tão piedosa,
Perdoai-me, meu Jesus. (bis)

Pai-nosso, Ave-Maria e Glória


12ª Estação

Jesus morre na cruz

Pai, em tuas mãos entrego o meu espírito.

Está tudo consumado, Jesus cumpriu sua missão.

Canto:

Por meus crimes padecestes,
Meu Jesus por mim morrestes,
Quanta angústia, quanta dor! (bis)

Pela Virgem dolorosa,
Vossa Mãe tão piedosa,
Perdoai-me, meu Jesus. (bis)

Pai-nosso, Ave-Maria e Glória


13ª Estação

Jesus é descido da cruz

Podemos contemplar Jesus no colo de Maria, que sofre com a morte de seu Filho.

Muitas pessoas amam verdadeiramente as pessoas que sofrem quando elas morrem.

Canto:

Do madeiro vos tiraram,
E à Mãe vos entregaram,
Com que dor e compaixão. (bis)

Pela Virgem dolorosa,
Vossa Mãe tão piedosa,
Perdoai-me, meu Jesus. (bis)

Pai-nosso, Ave-Maria e Glória


14ª Estação

Jesus é sepultado

Algumas pessoas amavam Jesus, por isso fazem de tudo para que ao menos ele tenha uma sepultara digna.

O amor não cessa com a morte. É sempre capaz de ir além.

Canto:

No sepulcro vos puseram,
Mas os homens tudo esperam,
Do mistério da paixão. (bis)

Pela Virgem dolorosa,
Vossa Mãe tão piedosa,
Perdoai-me, meu Jesus. (bis)

Pai-nosso, Ave-Maria e Glória


15ª Estação

Jesus Ressuscitado

O amor venceu. A vida venceu a morte. Jesus Cristo ressuscitou verdadeiramente e etá entre nós.

Para nos conduzir à verdadeira vida.

Canto:

Meu Jesus, por vossos passos,
Recebi em vossos braços,
A mim, pobre pecador. (bis)

Pela Virgem dolorosa,
Vossa Mãe tão piedosa,
Perdoai-me, meu Jesus. (bis)

Pai-nosso, Ave-Maria e Glória