ZENIT - O mundo visto de Roma

Fides News Português

Gaudiumpress Feed

30 de janeiro de 2008

Missionária em Timor Leste

"Sou Irmã Maria Nieta Oliveira, Religiosa da Congregação das Irmãs Josefinas, Missionária no Acre. No ano de 2004 fui enviada a participar da Missão em Timor Leste, uma pequenina ilha escondida entre as milhares de ilhas que compõem o grande arquipélago da Indonésia, no Oceano Pacífico, a sudeste da Ásia.

Parti em março de 2004, levando na bagagem a confiança, a esperança e o desejo de servir a Deus no Povo. Chegando lá, encontrei um país destruído pela guerra contra a Indonésia. Um país renascendo das cinzas. Encontrei um povo sofrido, mas não desesperado, um povo de cabeça erguida por ter resistido, defendido sua terra e conquistado sua autonomia.
(Obs.: O povo timorense resistiu e lutou durante 25 anos contra a Indonésia.)

Éramos 07 (sete) Missionárias Brasileiras entre Religiosas e Leigas, mas estavam lá também muitos outros brasileiros em missões diferenciadas: Educação, Saúde, Militares, Evangélicos, ONU... todos dando sua parcela de colaboração àquela nação que renascia das cinzas e queria crescer – a nação mais jovem do planeta – Timor Leste é nossa irmã (assim como o Brasil, foi colônia portuguesa).

Nós, Missionárias Brasileiras, atuávamos em várias frentes de trabalho: Formação dos seminaristas, Religiosas e Lideranças, Educação, Catequese, Pastoral da Criança, Pastorais Paroquial e em Projetos de Promoção Humana e Geração de Renda.

Viver a Missão em Timor Leste, foi uma experiência profunda do amor de Deus. Foram momentos ricos de convivência, onde pude partilhar a vida e a sorte do povo. Vivenciei a riqueza da cultura com seus ritos, danças e vestes tradicionais, dos costumes, da língua, e organizações próprias.

E assim passei três anos e meio naquele chão bendito. Chão de gritos e dores, chão de suor e mortes, sangue derramado e dispersão do povo pela guerra, chão de sofrimentos pela fome, pobreza, doenças, terra seca, falta de infra-estruturas básicas de vida, chão queimado e marcado pelas ruínas e destroços da guerra. Mas é, sobretudo, um chão fértil para se lançar a semente do Evangelho, um chão aberto para acolher a novidade de Jesus e seu Reino.

Timor Leste é ainda uma criança, aprendendo a dar os primeiros passos. Por isso, é tempo também de sonhar, é hora de semear a paz e a esperança e reconstruir o país, onde as pessoas tenham seus direitos respeitados e vivam sua cidadania com dignidade e as crianças possam crescer e se desenvolver alegres e felizes."

Que o testemunho de nossa irmã Nieta seja para nós, povo de Deus, a confirmação de que o amor pelo próximo ultrapassa qualquer barreira, vai além das linhas imaginárias do mapa e realiza no meio da humanidade o projeto de Jesus, um projeto chamado céu!
Obrigada irmã Nieta, por fazer de sua vida um ato de amor pelo seu próximo. Obrigada por fortalecer nossa fé e esperança num mundo melhor. Que seus pés façam florescer o amor e a semente do Evangelho por onde quer que você vá!
Paz do Senhor irmãos! Que a Virgem Santíssima rogue a Deus por nós!