ZENIT - O mundo visto de Roma

Fides News Português

Gaudiumpress Feed

30 de novembro de 2007

1º Domingo do Advento

O ensinamento do evangelho deste domingo marca o início do novo ano litúrgico. O tema nos orienta para o Senhor que vem e esboça a perspectiva global do "tempo cristão". Desde o início nos é apresentada a perspectiva final: a vinda do Filho do Homem.

Para entender o Espírito do Advento e da salvação cristã é preciso ver a relação entre a espera do Messias (A.T.) e a expectativa cristã. A espera do Messias (=Cristo) prefigura a expectativa cristã do "Senhor que vem", na "segunda vinda" (= nos fim dos tempos), e, sobretudo cada dia... Por isso, nós poderemos "acorrer ao encontro do Cristo que vem", como diz a oração do dia do primeiro domingo do advento.

A liturgia deste domingo nos convida a nos preparar para a vinda do Filho do Homem. Esta preparação exigiria de cada um de nós e de cada cristão a atitude de estar vigilantes. O Povo de Israel, também, esperava um libertador, esperava o tempo messiânico... O Profeta Isaias (700 a.C.) apresentava a sua visão utópica e messiânica sobre Judá e Jerusalém. (Is 2,1-5). Assim todos os povos  unir-se-ão em torno do Templo de Jerusalém. As armas serão transformadas em instrumentos agrícolas (Is 2,4). A paz nascerá e reinará porque "não travarão mais o combate" (Is 2,4). O grande convite era: "vamos subir ao monte do Senhor... que ele nos ensine a cumprir os seus preceitos... vinde todos à casa de Jacó e deixemo-nos guiar pela luz do Senhor" (Is 2,3.5).

O Evangelho é um apelo à VIGILÂNCIA, para reconhecer o Senhor na sua chegada. Será assim a realização do sonho do Profeta (Mt 24,37-44). E para transmitir essa mensagem, Jesus usa as seguintes realidades:

- 1ª – A humanidade na época de Noé: os homens viviam, então, numa alegre inconsciência, preocupados apenas em gozar a sua "vidinha" descomprometida. Quando o dilúvio chegou, os apanhou de surpresa e despreparados.

- 2ª - Fala dos trabalhos da vida cotidiana: podem nos levar a negligenciar a preparação da Vinda do Senhor.

- 3ª - Coloca o exemplo do dono de uma casa, que adormece e deixa a sua casa ser roubada pelo ladrão.  

+ O que poderia significar "vigilância"?

- Será apenas estar sem pecado... para não ir para o inferno? Ou acolher todas as oportunidades de salvação, que Deus nos oferece?

Jesus continua vindo, para nos salvar e nos trazer a felicidade. E nós temos que estar sempre atentos (= vigilantes) para perceber cada vinda sua. Ele está presente nas palavras de quem nos orienta para o bem, nos gestos de amor dos irmãos, no esforço de quem se sacrifica para construir um mundo mais justo e fraterno.

Hoje, estamos vivendo um clima de mudanças... de transformações muito rápidas... e muitas vezes  surge o medo de perder o emprego...; o desemprego aumenta,e com isso a  fome e violência; por outro lado assistimos o fenômeno da busca pelo sagrado. Mas nesta busca pelo sagrado vemos o excesso de alegria de práticas religiosas sem compromisso e assim tirar a possibilidade de perceber a chegada do Senhor.

Surge um questionamento se certas liturgias e rezas festivas nos fazem mais vigilantes, mais acordados, mais atentos para a realidade que temos a obrigação de transformar ou funcionam como sonífero, que nos impedem de ver a chegada daquele que vem sem aviso prévio?

Alguns motivos que impedem a acolhida do Senhor que vem:

- Prazeres da vida: a pessoa mergulhada nos prazeres fica alienada...  De domingo, dorme... passeia... pratica esportes...   mas não sobra tempo para celebrar a sua fé na Comunidade...

- Trabalho excessivo: a pessoa obcecada pelo trabalho esquece o resto:  Deus, a família, os amigos, a própria saúde...

- Desatenção: o Distraído não vê o Cristo, presente na pessoa sofredora...    Acha que não é problema seu... é do governo... da Igreja... > Em minha vida, o que mais me distrai do essencial e me impede tantas vezes de estar atento ao Senhor que vem?

Assim, irmãos e irmãs, a liturgia deste primeiro domingo do Advento nos coloca frente ao tema da VIGILÂNCIA. Abramos o nosso espírito e nosso coração para celebrar este tempo com as atenções voltadas voltado para o nascimento de Jesus que se aproxima. Vem Senhor Jesus (Ap 22,20) e renova a face da terra.

(enviado por frei João)