ZENIT - O mundo visto de Roma

Fides News Português

Gaudiumpress Feed

11 de outubro de 2007

Por que os católicos veneram a Virgem Maria?

Porque Deus a escolheu para ser a Mãe de seu Filho, Jesus. O amor e a veneração pela Mãe do Filho de Deus encarnado já são mencionados no Evangelho; ela mesma disse: "Todas as gerações me chamarão bem-aventurada" (Lc 1,48). Demonstramos nosso amor à Virgem Maria nas festas que a Igreja celebra em seu louvor ou quando rezamos o Rosário, contemplando Jesus com Maria. Mas também a cada dia, quando nos dirigimos a ela pedindo seu auxílio, quando rezamos com amor a "Ave Maria", quando colocamos sob sua proteção materna nossa vida. Em sua primeira parte, a oração da "Ave Maria" tem fundamento bíblico, pois contém as palavras do Evangelho (cf. Lc 1, 28.42)
Adoramos somente a Deus. A Maria dedicamos especial amor, a imitação, o respeito e a confiança que seu próprio Filho, Jesus, lhe dedicou. Ela é a criatura que está mais próxima do Senhor. Ela é a primeira criatura plenamente glorificada, sinal concreto da eficácia da salvação de Jesus Cristo na nossa humanidade. Venerar Maria significa professar a nossa fé na poderosa realização da Páscoa de Jesus Cristo em nós, criaturas e filhos. Ela se interessa por nós, ama-nos como a filhos queridos, pois o próprio Jesus nos confiou a ela: "Mulher, eis o teu filho" (Jo 19,26). Temos especial carinho por Maria, em obediência a Jesus e por fidelidade ao Evangelho: "Filho, eis aí tua mãe" (Jo 19,27). Por isso podemos dirigir-nos a ela confiando em sua intercessão materna em todas as nossas necessidades.
Jesus mesmo mostrou como lhe agradava a intercessão de Maria quando, por ocasião das Bodas de Caná, a pedido dela, realizou o primeiro sinal (cf. Jo 2,1-11). Quanto mais assemelhados a Cristo, tanto mais os cristãos devem nutrir os sentimentos de veneração e estima filial que Jesus nutria para com sua mãe.
do livro Sou católico: Vivo a minha fé / CNBB, capítulo V
Fomos escolhidos por Jesus para amar e ser amados por Maria!
Viva Nossa Senhora Aparecida!
Paz queridos irmãos!