ZENIT - O mundo visto de Roma

Fides News Português

Gaudiumpress Feed

11 de julho de 2007

Conto da Borboleta


Um dia, uma pequena borboleta apareceu em um casulo. Um homem sentou e observou a borboelta por várias horas. Conforme ela se esforçava para fazer com seu corpo passasse através daquele pequeno buraco. Então pareceu que ela parou de fazer qualquer progresso. Parecia que ela tinha ido o mais longe que podia.

O homem decidiu ajudar a borboleta, pois ele que esperava que, a qualquer momento, as asas dela se abrissem e esticassem para serem capazes de suportar o corpo, que iria se firmar a tempo.


Nada aconteceu!


Na verdade, a borboleta passou o resto de sua vida rastejando com um corpo murcho e a asas encolhidas. Ela nunca foi capaz de voar. O que o homem, em sua gentileza e vontade de ajudar não compreendia, era que o casulo apertado e o esforço necessário da borboleta para passar através dele, era o modo que Deus fazia com que o fluído do corpo dela fosse para suas asas, de modo que estaria pronta para voar, uma vez livre do casulo.


Algumas vezes, o esforço é justamente o que precisamos em nossa vida. Se Deus nos permitisse passar através de nossas vidas sem qualquer obstáculo, se tudo fosse "fácilo", Ele nos deixaria "aleijados". Não seríamos tão fortes como poderíamos ter sido. Nunca voaríamos...


Pedimos forças... e Deus nos dá dificuldades para nos fortalecer

Pedimos sabedoria... e Deus nos dá problemas para resolver

Pedimos coragem... e Deus nos coloca em situações de medo para superar

Pedimos amor... e Deus nos dá pessoas difíceis para amar e ajudar

Pedimos favores... e Deus nos dá oportunidades


Não recebemos nada que pedimos...

Mas recebemos tudo o que precisamos!!!