ZENIT - O mundo visto de Roma

Fides News Português

Gaudiumpress Feed

23 de junho de 2007

Você é cristão: Sim ou Não?

Muitas pessoas dizem que a vida cristã parece ser muito difícil. Na verdade não é difícil, mas impossível! Sem o amor e o poder do Senhor vivendo no coração, ninguém pode viver a vida cristã. Talvez você possa sentir-se frustrado, desanimado, e algumas vezes, já pensou até em abandonar o cristianismo, por este ou aquele motivo. Ao redor do mundo há muitas pessoas que têm algumas idéias um tanto equivocadas sobre o que é realmente ser cristão. Muitos mitos foram criados para justificar algumas atitudes "cristãs". A palavra mito tem um montão de significados. Vamos interpretar aqui mito como sendo "uma história inventada por alguém que tenta passá-la para frente como sendo verdade".

1º Mito: sou cristão só porque creio em Deus. No mundo ocidental se considera respeitável que acreditemos em Deus, porém muitos que se dizem "crentes" e muitas vezes nem sabem QUEM É DEUS. O Coronel Irwin, lembrado por sua missão lunar no Apolo XV, comentou uma vez que, enquanto estava visitando um país muçulmano, um dos líderes religiosos lhe havia dito: "Coronel, o senhor fala tanto de Deus... porque o senhor não se torna um muçulmano também?" Conclusão: se podemos ser muçulmanos e crer em Deus, não é pelo fato de crer em Deus que me torna um cristão! Ser cristão é muito mais...

2º Mito: sou cristão só porque vou a Igreja. Existem muitas pessoas que vão à Igreja (por diferentes razões), porém nem por isso que são necessariamente cristãos. Às vezes os ladrões são religiosos e vão à Igreja. Outros assistem à Igreja porque é um hábito social ou porque sentem a pressão da família (tradicional). É certo que os cristão vão a Igreja, e devem ir, porém esse fato ainda nao faz deles cristãos de verdade.Ser cristão é muito mais...

3º Mito: sou cristão só porque rezo. É claro que os cristãos rezam e devem rezar sempre, sem cessar! Porém o simples fato de rezar ainda não nos faz cristãos de verdade! Os Indús rezam freqüentemente; os muçulmanos rezam cinco vezes ao dia. Até mesmo o presidente do Egito costuma levar uma pequena almofada para ajoelhar-se e rezar para Alá várias vezes durante o dia, inclusive quando viaja para o estrangeiro. Portanto, rezar ainda não nos faz cristãos de verdade. Ser cristão é muito mais...

4º Mito: Sou cristão só porque sou bom. Comparados com um terrorista, possivelmente sejamos, não só bons, como santos. Se entramos em comparações, poderíamos chegar a ser muito melhores que nossos familiares e amigos, porém a medida de Deus é diferente. Ele nos compara com seu Filho Jesus, quem foi absolutamente perfeito. Frente a esse nível de perfeição, nossa própria retidão se reduz a nada. Ser cristão é muito mais...

5º Mito: sou cristão só porque leio a Bíblia. É certo que todos nós cristãos, devemos ler a Palavra de Deus. Alguns lêem diariamente, porém, ainda assim, isso não significa que sejam cristãos de verdade. Quando Karl Marx (um comunista) tinha 17 anos de idade escreveu um magnífico comentário sobre o Evangelho de São João. Grandes teólogos (estúdios das realidades divinas) concordaram sobre os escritos de Marx. Porém este comunista, apesar de ler a Bíblia, jamais se proclamou cristão. Ser cristão é muito mais...

6º Mito: sou cristão só porque falo de Jesus Cristo. Muitos nem sequer conhecem o que a Bíblia fala sobre Jesus. Talvez falam de um Jesus que se conforma com as suas maneiras de pensar e de agir. É chamado o Jesus de conveniência. Tem pessoas que podem ser muito boas na arte da oratória e da pregação, mas se não tiver uma intimidade profunda com Jesus, um conhecimento de sua missão libertadora, ainda lhes falta muito para ser cristão de verdade. Ser cristão é muito mais...

7º Mito: sou cristão só porque minha família é cristã. Conheço pessoas que já disseram: " nasci num país cristão, por isso sou cristão de nascimento, que mais eu poderia ser". Na verdade, ele poderia ser muitas coisas. Outros dizem que "fui cristão a vida inteira. Nasci numa família cristã, católica...". O exemplo pode ser grosseiro mas, não é porque alguém pode nascer numa estrebaria e ser um animal; ou alguém pode nascer num aeroporto, nem por isso será um avião... Muitas pessoas acreditam que só porque nasceram num lar cristão, são cristãos de verdade. Esse não é critério absoluto. Ser cristão é muito mais...

Frei Rinaldo, osm
freirinaldo@globo.com