ZENIT - O mundo visto de Roma

Fides News Português

Gaudiumpress Feed

7 de junho de 2007

Não vale a pena fugir


Eu já fugi de Deus.
Nossa! E como já fugi.
Cheguei a trancar as portas do meu coração
Fazendo questão de fechar os olhos para não saber aonde iria jogar a chave.
Tudo isso pra não correr o risco de ir buscá-la.
Estava decidida.
Não acreditaria mais no amor.
A esperança... Já não existia para mim.
E assim o fiz.
Durante muito tempo sobrevivi,
Pois não queria,
Não sentia
E não pedia o amor de Deus
E ainda achava que estava certa!
Vejam só!
Cheguei a acreditar que eu poderia viver sozinha
E que não me faria falta a convivência com as pessoas ao meu redor
Mas chegou um momento em que não suportei tantas trevas em meu coração;
Sentia-me vazia
Sozinha , e sem saber o q fazer.
Foi então q decidi procurar a chave,
Aquela chave que nem eu mesma sabia onde estava,
E nessa procura eu continuava com os olhos fechados ,
Tentando percorrer o mesmo caminho que havia feito para encontrar a tal chave
Na verdade meus olhos estavam fechados para Deus.
Mas não conseguia ver isso,
E continuava me consumindo em meio a minhas trevas, meus medos,
E confesso que custei a entender que eu deveria abrir meus olhos e olhar para o Senhor.
Somente isso.
Olhar profundamente em um momento de entrega total e absoluta, onde só precisaria reconhecer a minha pequenez.
Não havia necessidade de procurar a chave.
Eu só precisava me entregar.
Pois Deus sabe de tudo,
Ele sabia o tempo todo!
E foi aí que consegui viver novamente
Pois até então era como se existisse uma venda sobre meus olhos
Que impedia-me de enxergar a verdade.
E só a verdade pode nos libertar!
Só a verdade nos leva ao auto conhecimento.
Por isso se hoje você vive algo parecido em seu interior, não desanime.
Abra seus olhos e direcione-os para o Senhor
Para que ele possa te curar e te libertar de tudo aquilo que hoje aflige o seu coração.